O CASO DE QUINTANILHA. Projecto de Reabilitação de Edifícios Rurais em Xisto no Parque Natural de Montesinho

Autoria:João Leopoldo

Orientação:Luíz Felipe P. Conceição

Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes - Faculdade de Arquitectura

Finalista

Memória descritiva

Entende-se que a riqueza natural e paisagística do maciço Montanhoso Transmontano Português e os valiosos elementos culturais das comunidades humanas que ali se estabelecem justificam que urgentemente se iniciem acções com vista à salvaguarda do património e à animação sócio- cultural das populações.

A presente Dissertação tem como principal problemática a reabilitação de edifícios em Pedra Xisto no espaço Rural do Nordeste Transmontano de Portugal, pretendendo-se assim produzir matéria capaz levar á melhoria dos processos de construção e de reabilitação destes espaços, cujo estado de conservação é, em grande parte dos casos, preocupante, e tudo devido ao seu estado de degradação ou a más intervenções de reabilitação sofridas.

Sendo o autor da presente Dissertação natural da cidade de Bragança e com fortes ligações à aldeia de Quintanilha, surgiu como foco de preocupação principal a escolha de um tema de projecto que se identificasse com o próprio e com as suas raízes, e que servisse em simultâneo de exemplo para intervenções futuras por parte de outros em casos de reabilitações em aldeias de xisto em Portugal.

Assim sendo e para efeitos de estudo e execução de projecto, foi escolhida a aldeia de Quintanilha situada no conselho de Bragança, Nordeste Transmontano Português, inserida no Parque Natural de Montesinho.

Procura-se assim, enaltecer as características e técnicas construtivas deste tipo de arquitectura vernacular, procurando contribuir para a salvaguarda das mesmas e por meio da proposta de projecto, a criação de espaços destinados a Turismo de habitação e de Albergue, espaços que visam dinamizar e melhorar a qualidade de acolhimento a todos aqueles que procuram pelas mais variadas razoes visitar a aldeia de Quintanilha.